Campanha no Ar
Campanha no Ar
 

Até breve

da Folha

Com o fim da disputa eleitoral, o blog Campanha no Ar deixa de ser atualizado a partir de hoje.

A equipe da Folha agradece pela atenção dos internautas e pelos comentários.

Escrito por equipe às 22h04

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Frase do dia

Frase do dia

"O relacionamento será muito bom, republicano. Todos trabalhando juntos, eu, o presidente Lula e o governador José Serra, para fazer São Paulo uma cidade melhor"

Gilberto Kassab, prefeito reeleito de São Paulo

Escrito por equipe às 20h45

Comentários () | Enviar por e-mail | Frase do dia | PermalinkPermalink #

Grupo pró-Alckmin não terá vida fácil com Serra

JOSÉ ALBERTO BOMBIG
da Folha

Terminada a disputa municipal, o grupo tucano que apoiou Geraldo Alckmin contra Gilberto Kassab (DEM) já foi informado de que não terá vida fácil com o governador José Serra (PSDB).

A "leitura" dos serristas é a de que o governador teve sua autoridade contestada pelos deputados Silvio Torres, Edson Aparecido e Julio Semeghini, que levaram até as últimas conseqüências a idéia de uma candidatura própria tucana a prefeito e aprofundaram ainda mais o racha do partido na principal cidade do país.

Sem Serra, caberá ao trio buscar uma aproximação, via Geraldo Alckmin, com o próprio Kassab. Um analista próximo do prefeito e também ligado ao governador acha mais fácil um "perdão" por parte do democrata do que do Palácio dos Bandeirantes.

Quanto a Alckmin, ele já trabalhando para se viabilizar como pré-candidato para 2010, em busca de assessores e elaborando uma agenda de viagens pelo interior do Estado.

Escrito por equipe às 19h51

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Analistas revelam técnicas usadas por Kassab

LAURA MATTOS
da Folha

Gilberto Kassab, o vencedor em São Paulo, passou por intenso treinamento para aprender técnicas de comunicação para disputar sua primeira eleição majoritária.

A pedido da Folha, Villela da Matta, presidente da Sociedade Brasileira de Coaching, e a vice-presidente da entidade, Flora Victoria, analisaram fotos da campanha e cenas de Kassab em debates a fim de apontar os recursos corporais e verbais utilizados por ele.

"Kassab é introvertido. Ao longo da campanha, conseguiu se adaptar ao comportamento mais extrovertido, que é o do universo político. Uma mudança tão rápida exige preparo", afirma Victoria.

Segundo Matta, o prefeito demonstra ser "do estilo que gosta de se preparar, é sistemático, metódico" e "esse temperamento abre as portas para o 'coaching'".

"É o tipo de pessoa que gosta de ouvir assessores. Não gosta de improvisar, prefere fazer a lição de casa."

De acordo com os especialistas, os debates, especialmente os do final da campanha, deixaram claro o nível de treinamento do democrata.

"Ele usa várias técnicas. Uma delas é a da ressignificação. Diante de um ataque ou uma pergunta crítica, inicia a resposta com expressões como ‘foi bom você ter tocado nesse tema tão importante’ ou ‘estou absolutamente tranqüilo em dizer’", explica Matta.

Não foi só o candidato que contou com assessoria de imagem. Sua equipe, de assessores "estrategistas" a visitadores que batiam nas portas pedindo votos, também passou pelo chamado "coaching".

Escrito por equipe às 18h20

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Alckmistas querem saída de Feldman do PSDB

ANA FLOR
da Folha

O primeiro turno se foi há bastante tempo, as relações entre PSDB e DEM vão bem, mas as feridas internas do tucanato estão longe de curadas.

Na manhã de ontem, um alckimista insistia que só a saída do secretário municipal de Esportes, Walter Feldman (PSDB), do partido poderia reunificar o tucanato.

Durante a campanha, por apoiar a reeleição de Gilberto Kassab (DEM), Feldman se indispôs com a ala do partido fiel a Alckmin.

"Ou ele sai ou vai ter que começar a ir escoltado por seguranças nas reuniões do partido", chegou a dizer outro alckmista.

Escrito por equipe às 15h57

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Abstenção em SP sobe em relação ao 1º turno

CLAUDIO DANTAS SEQUEIRA
da Folha

O domingo de sol levou os paulistanos para longe das urnas. Mais de 1,43 milhão de eleitores deixou de votar, ou 17,54% de um total de 8.198.282 eleitores.

O índice é superior ao do primeiro turno, quando 15,63% do eleitorado da capital não compareceu.

Em termos absolutos, São Paulo teve o maior contingente de abstenções. Mas conseguiu ficar ligeiramente abaixo da média nacional, de 18,09%.

Em 2004, a abstenção no segundo turno entre José Serra (PSDB) e Marta Suplicy (PT) foi de 17,14% de um total de 7.774.211 eleitores.

Entre as 11 capitais que definiram seus prefeitos no segundo turno, São Luís (MA) foi a líder de abstenção, com 21,28% ou 135.555 eleitores faltosos.

Seguida do Rio de Janeiro, com 20,25% 927.250 eleitores.

Escrito por equipe às 12h22

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Como no futebol

FERNANDO BARROS DE MELLO
da Folha

O coordenador do plano de governo de Gilberto Kassab (DEM), Guilherme Afif Domingos, diz que a vitória de Kassab sobre Marta Suplicy (PT) tem um gosto especial. Afif afirma que é como ganhar de um time argentino no futebol.

"Eles jogam sujo, dão caneladas e cusparadas. E a gente ganha na bola", diz.

A referência é aos programas eleitorais da petista que exploraram a vida pessoal do prefeito.

Escrito por equipe às 10h50

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Frase do dia

Frase do dia

"É a primeira campanha na história do Brasil em que todos os candidatos a prefeito, do PT ao DEM, trabalharam favoravelmente ao governo. Ninguém falou mal do governo nem do presidente Lula. O candidato do PSDB, do DEM ou de qualquer partido trabalhou com as obras que o governo federal está realizando"

Luiz Inácio Lula da Silva, que considerou uma vitória o fato de a atual campanha ser marcada por ausência de críticas ao governo federal

Escrito por equipe às 23h26

Comentários () | Enviar por e-mail | Frase do dia | PermalinkPermalink #

Marta recebe visita de Palocci

RANIER BRAGON
da Folha

Na lista de visitas recebidas hoje por Marta Suplicy (PT) um nome chamou mais a atenção: o do ex-ministro Antonio Palocci.

Amigo e conselheiro de Marta, ele não havia aparecido em nenhum evento público da petista durante a campanha.

Investigado pela suspeita de quebra ilegal de sigilo do caseiro Francenildo Costa, Palocci é nome forte do PT para a disputa do governo do Estado, em 2010, caso seja absolvido.

Ele entrou e saiu da casa de Marta, nos Jardins, sem falar com a imprensa.

                                                                     Eder Medeiros/Folha Imagem

Marta concede entrevista ao lado de Aldo Rebelo, José Américo e Jilmar Tatto (dir.)

Escrito por equipe às 23h15

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Serra acompanha Kassab em coletiva

CLAUDIO DANTAS SEQUEIRA
da Folha

O governador José Serra (PSDB) vai marcar presença na coletiva de imprensa que o prefeito reeleito Gilberto Kassab (DEM) convocou para logo mais, no hotel Ca’d’Oro.

Pela manhã, Serra votou junto com Kassab na zona eleitoral de Alto de Pinheiros. Disse que a aliança entre democratas e tucanos sai fortalecida com a vitória de Kassab.

No primeiro turno, o governador não acompanhou nenhum candidato na hora de votar.

Escrito por equipe às 20h39

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Kassab já falava em vitória no almoço

FERNANDO BARROS DE MELLO
da Folha

A confiança do prefeito Gilberto Kassab (DEM) em sua própria reeleição era tão grande que, ao lado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, ele falou em vitória já na hora do almoço, horas antes do fim da votação.

Durante toda a manhã, Kassab repetiu que esperaria o resultado oficial. Mas deixou escapar a certeza da reeleição:

"Nesse segundo turno, o seu apoio [referindo-se a FHC], junto com o governador José Serra liderando o PSDB para que retomássemos a aliança eleitoral, foi muito importante para conseguirmos a vitória e para termos a continuidade desse governo", disse.

Escrito por equipe às 19h51

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Kassabistas comemoram desfecho em Santo André

CATIA SEABRA
da Folha

Além de comemorar o resultado em São Paulo, aliados de Gilberto Kassab estão vibrantes com o desfecho da eleição em outras cidades do Estado.

Na casa do prefeito, políticos como Guilherme Afif Domingos e Walter Feldman acompanham a apuração em um telão instalado na sala do apartamento, no Jardim Europa.

Em São José do Rio Preto, venceu Valdomiro Lopes, candidato do PSB apoiado por PSDB e DEM. Ele derrotou o petista Joao Paulo Rillo.

Lopes, que teve 51,2% dos votos válidos, contou com o apoio de Aloysio Nunes Ferreira, secretário de José Serra. Ferreira também está na casa do prefeito.

O entorno de Kassab também celebra a apuração em Santo André, onde o petista Vanderlei Siraque caminha para a derrota.

Com quase 90% das urnas contabilizadas, Dr. Aidan (PTB), apoiado por tucanos neste segundo turno, tem 55,31% contra 44,69% de Siraque.

Às 20h, Kassab concede entrevista coletiva no hotel Ca’d’Oro. Depois, vai para a escadaria do Teatro Municipal.

José Serra deve se juntar ao grupo que está na casa do prefeito no teatro.

Escrito por equipe às 19h22

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Grafiteiros fazem militância nos muros de SP

JOÃO WAINER
da Folha

A Lei Cidade Limpa não foi capaz de evitar uma pequena guerra eleitoral nos muros da cidade de São Paulo.

Alguns muros públicos da capital amanheceram grafitados com mensagens contra os dois candidatos à prefeitura.

                                                                   Fotos João Wainer/Folha Imagem

A técnica utilizada nos dois casos foi a do "stencil", que consiste na utilização de uma máscara de papel recortado e na aplicação de tinta em spray sobre ela.

O grafite anti-Kassab foi feito na ligação Leste-Oeste enquanto o anti-Marta foi em um ponto de ônibus na rua Cardoso de Almeida.

Escrito por equipe às 18h03

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

De Alckmin, sobre cobra: "O nome dela é Marta?"

ANA FLOR
da Folha

Depois de votar, na manhã de hoje, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) foi tomar um tradicional café, desta vez acompanhado por um pão na chapa e uma vitamina.

Na saída, um homem que desfilava com uma jibóia parou a comitiva para explicar que o animal, importante para o equilíbrio ecológico, não é perigoso.

Da neta Isabela, de 4 anos, ao próprio governador, todos tocaram na jibóia.

Quase de saída, Alckmin perguntou para o dono da cobra: "O nome dela é Marta?".

"Este aqui é um macho", respondeu o tratador.

Escrito por equipe às 16h19

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Campanha de Kassab prepara comemoração

CATIA SEABRA
da Folha

Os coordenadores de campanha de Gilberto Kassab já organizam para a noite de hoje uma comemoração pela reeleição do candidato, caso as urnas confirmem os resultados das pesquisas eleitorais.

A idéia é levar os militantes para a frente do Teatro Municipal.

"Não preparamos uma festa", diz o coordenador de mobilização da campanha, Sérgio Kobayashi, antes de completar: "Mas eu ficaria decepcionadíssimo se os militantes não fossem para a rua".

Escrito por equipe às 14h18

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sem noivado

da Folha

Humoristas do programa "Pânico", da Rede TV!, levaram uma atriz vestida de noiva para oferecer ao prefeito Gilberto Kassab (DEM) no colégio eleitoral em que ele votou.

O prefeito, diante do tumulto na entrada e na saída do colégio eleitoral, não participou da brincadeira.

                                                                       Fernando Donasci/Folha Imagem

No segundo turno, Kassab foi alvo da campanha de sua adversária Marta Suplicy (PT), que questionava se o eleitor sabia se Kassab era solteiro ou se tinha filhos. Kassab é solteiro e não tem filhos. 

Escrito por equipe às 10h56

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Domingo com tucanos

da Folha

Após votar ao lado do governador José Serra (PSDB), o prefeito Gilberto Kassab prepara mais um ato de apreço aos tucanos de São Paulo. Irá visitar, na manhã de hoje, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em sua casa, em Higienópolis.

FHC defendeu a candidatura de Geraldo Alckmin no primeiro turno, mas sempre defendeu a "construção de pontes" para o segundo turno. Chegou a discutir esse caminho com lideranças do DEM quando o candidato tucano ainda estava no páreo.

Escrito por equipe às 10h46

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Frase do dia

Frase do dia

"Toda eleição popular é um processo de educação política. Educação para a prática do voto como um funil, uma peneira, um filtro pelo qual somente devem passar os candidatos mais devotados à causa pública, mais honestos, mais preocupados em conhecimento e sapiência para o exercício do cargo disputado, além de candidatos comprometidos com a democracia até a raiz dos cabelos, naturalmente."

CARLOS AYRES BRITTO
presidente do TSE, em pronunciamento agora à noite

Escrito por equipe às 00h47

Comentários () | Enviar por e-mail | Frase do dia | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Blog do caderno Brasil, da Folha, com curiosidades e bastidores das campanhas pelo país, nas ruas e no horário eleitoral. É coordenado por editores do caderno, com produção de repórteres e redatores, em São Paulo, das sucursais de Brasília e do Rio e dos correspondentes da Agência Folha.

SITES RELACIONADOS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha Online.